Chat with us, powered by LiveChat
Robots working

5 espetaculares avanços recentes na robótica

“É ótimo trabalhar com computadores. Eles não discutem, se lembram de tudo e não bebem sua cerveja”, disse Paul Leary. Hoje em dia, os avanços da robótica se sucedem um após o outro deixando-nos com os olhos abertos e melhorando campos tão diversos como medicina, agricultura, educação, meio ambiente, varejo ou gastronomia, além de inúmeros processos industriais.

Minúsculos robôs já estão envolvidos em delicados processos nanocirúrgicos. A Inteligência Artificial é capaz de prever certos tipos de câncer, os robôs já colocam tijolos ou preparam pizzas a uma velocidade do humano e não há ninguém para vencê-los em um jogo de xadrez aos mais sofisticados algoritmos.

Relatórios como o da consultora McKinsey & Co prevêem que 800 milhões de empregos serão substituídos por robôs em 2030, o que representa um em cada cinco empregos atuais. Se você quer saber os avanços mais espetaculares em termos de transformação digital, robótica e automação, não pare de ler.

5 desenvolvimentos recentes em robótica que você deve saber:

Rumo à autoconsciência das máquinas: Uma equipe de cientistas da Universidade de Columbia conseguiu desenvolver um braço robótico capaz de aprender sobre si mesmo através da experimentação -sem programação sobre construção, física ou geometría-. O que significa isto? Que os robôs em breve poderem ser cada vez mais livres, adaptáveis e independentes graças ao deep learning, sem a necessidade do feedback externo ou intervenção humana. Naturalmente, será necessário estabelecer mecanismos de controle e parâmetros éticos, bem como um marco regulatório.

Robótica emocional para curar a solidão: Uma vez que a solidão é uma das grandes ameaças na sociedade contemporânea -especialmente para os idosos- os robôs podem desempenhar um papel ativo e positivo em aliviá-la. Então, vimos criações como Lovot, um robô criado para dar amor, conforto e ouvir seus donos. Pode reconhecer vozes, gesticular, reagir a estímulos e criar um vínculo afetivo progressivo ao longo do tempo graças ao seu algoritmo.

O robô atrás da sua salada: Um dos campos que experimentará o nível mais alto de automação é a agricultura, onde outras tecnologias como o Big Data, o Blockchain ou a Internet das Coisas servirão para prever desastres naturais, otimizar plantações, reduzir o desperdício de alimentos ou combater a mudança climática. Isso levou a alternativas como Vegebot, um robô treinado com aprendizado de máquina capaz de identificar alfaces saudáveis prontas para a colheita.

Robôs que podem salvar sua vida: Um dos campos em que a revolução da automação penetrou com maior sucesso é o da medicina. Robôs podem fazer muito pela nossa saúde. Por exemplo, o robô Da Vinci é capaz de manusear instrumentos cirúrgicos menores que a mão humana, a nanorobótica facilita o reparo celular ou o implante de drogas dentro do corpo enquanto ViRob é um robô que pode se mover facilmente através de nossas veias, artérias e outras áreas do corpo a uma velocidade de 9 milímetros por segundo.

Um robô poderia contratá-lo (ou enterrá-lo): Os robôs já assumem posições humanas de trabalho dos mais díspares. Por exemplo, a agência sueca TNG já usa um robô inteligente batizado como Tengai para fazer entrevistas de emprego em vez de um recrutador de carne e osso. Também houve casos como Mingar, um robô de gênero neutro que já prega no templo budista Kodaiji em Tóquio ou SanTO, o primeiro robô católico que ouve paroquianos e recita a Bíblia com base em seu humor ou suas preferências. Mais e mais robôs estão cozinhando, distribuindo, fabricando, respondendo chamadas, vendendo ou cultivando… qual será a próxima coisa que nossas amigas – as máquinas – nos darão?

‹ Voltar